Dicas para fotografar uma Aurora Boreal

Você que ama fotografia já deve ter vistos imagens como está:
aurora-boreal-1

A fica a pergunta, será que eu consigo fotografar uma Aurora Boreal? A resposta é SIM, você consegue e pode fotografar, claro que existe alguns custos (bons custos na verdade) para viajar até o Polo Norte ou Noruega.

Mais antes de embarcar nessa viagem, vamos algumas dicas preciosa para você ter o equipamento certo e não se arrepender no momento.

Câmera SLR
As vantagens da SLR é poder utilizar os efeitos de luminosidade de maneira manual, assim você controla exposição e profundidade de campo. Poderá comprar lentes grande angulares, que facilitam a visualização da paisagem e capturam mais da cena em questão.

Lente grande angular
Fotografar uma Aurora Boreal requer uma lente ampla e que consiga capturar toda a cena, você terá elementos específicos que irão se espalhando pelo céu, é extremamente interessante registrar o céu e outros elementos tais como, montanhas, lagos, casas entre outros.
Recomendo a 16-35mm, utilizando o ângulo focal de 16mm você terá muita cena para capturar, e se a câmera for fullframe melhor ainda.

Tripé
Acredito que seja um equipamento muito importante para fotografia de natureza, com ele você poderá criar imagens de longa exposição sem borrar. Em muitos lugares você terá pouca luminosidade e para compensar deverá ter uma velocidade de abertura menor e com maior fechamento para ampliar a profundidade de campo. Abaixo de 1/15 já fica muito sensível para segurar a câmera sem tremer.

Disparador remoto
Interessante sempre ter em mãos, para você não precisar tocar no equipamento, muitas vezes este toque é sinal de borrão, você pode utilizar o temporizador de 2″ para evitar esse trepidação na câmera. Para você usar a função Buld(B) é de extrema importância, assim você ativa e fecha o obturador.

Baterias
Viajar sem bateria reserva pode deixar você passar boas oportunidades, quando se usa muitos recursos da máquina, longa exposição você vai diminuindo a quantidade de imagens que você poderá tirar, e se você chegar no meio de algum lugar isolado e não ter alternativas, ficará sem registrar.

Fotografando, conceitos práticos

Para concluir seu objetivo de fotografar uma Aurora Boreal, você terá que fazer fotos noturnas e com isso deve levar em consideração alguns aspectos como a quantidade de luz que precisa para capturar a cena. O controle da exposição será com os elementos de abertura e fechamento do diafragma, ISO, e velocidade do obturador, a correta exposição terá o efeito de belas imagens, caso contrário sua imagem ficará escura e sem chance de edição.
Por isso importante a questão de um tripé, pois poderá trabalhar com baixa velocidade e não escurecer muito a foto, neste caso, não poderá também ser muito baixa a sua velocidade, pois terá fotografado apenas um borrão claro.-

Dicas rapidas;
– Evite alguns filtos, escurecem muito a fotografia;
– Utilize RAW, facilita na edição posteriomente;
– Use o nivelador da câmera, facilita o manuseio;
– Ative o histograma para indentifcar a fotometria correta;
– Não use flash ( caso você queira fazer um Paint Light, ai é outra história 🙂 )

Fotógrafo e viajante por natureza, sempre a procura do Melhor Destino para conhecer.
ci vediamo in giro

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here